quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Sport empata por 2 a 2 com Sete de Setembro

Com o resultado no Gigante do Agreste, o Leão abre três pontos de vantagem em relação ao Náutico, vice-líder do Pernambucano

Nos acréscimos, o Sport deixou a vitória escapar e acabou empatado com o Sete de Setembro por 2 a 2, na noite desta quarta-feira (17), no Gigante do Agreste. O empate aliado à derrota do Náutico para o Porto, nos Aflitos, mantém o Leão na liderança do Campeonato Pernambucano. A equipe rubro-negra tem agora 22 pontos, três a mais que o Timbu. Já o time de Garanhuns segue na lanterna com apenas 5 pontos.

Os gols da partida só saíram no segundo tempo. Juninho e Júlio César marcaram para o Leão, enquanto Diego descontou para o time da casa.

O Sport volta a campo agora no clássico contra o Náutico, às 16h deste sábado (20), na Ilha do Retiro. A partida fecha o primeiro turno do Pernambucano. O Sete de Setembro pega o Central, em Caruaru, no domingo (21).

O JOGO
O Sport começou o jogo num ritmo acelerado e logo no primeiro minuto Ciro aproveitou um lançamento do zagueiro Igor para invadir a área e chuta. A bola não saiu forte e acabou facilitando a defesa do goleiro Sílvio.

Aos 8 minutos, Júlio César voltou a ameaçar o time de Garanhuns. Dutra fez o cruzamento para a área e o lateral-direito do Leão cabeceou com perigo na trave do goleiro Sílvio. Quatro minutos depois, Ciro fez grande jogada pela esquerda e chutou com perigo. A bola passou rente a trave e saiu pela linha de fundo.

O Sete só veio assuntar aos 20 minutos, quando Laercio decidiu arriscar de fora da área. O volante soltou a bomba e a bola explodiu no travessão, levando perigo ao gol de Magrão. A resposta rubro-negra veio três minutos depois, quando Júlio César recebeu na área e chutou com perigo à esquerda do goleiro Sílvio.

Na volta para o segundo tempo, o Sport precisou apenas de 6 minutos para abrir o placar. Júlio Cesar cruzou para a área e Juninho apareceu livre para tocar de cabeça e deixar o Leão em vantagem no Gigante do Agreste.

Aos 15 minutos, o Sete de Setembro reagiu e chegou ao empate numa cobrança de falta. Diego bateu para a área e a zaga leonina acabou atrapalhando a saída de Magrão, que viu a bola entrar. Mas, o Leão não deixou o time da casa comemorar e segundos depois voltou a ficar em vantagem. Júlio César aproveitou a sobra na área e chutou forte, sem chance de defesa para Sílvio.

Quando a vitória parecia sacramentada, nos acréscimos, o atacante Jardel, que havia entrado no segundo tempo, soltou a bomba no ângulo de Magrão e empatou a partida para o Sete de Setembro.

Nenhum comentário: