quarta-feira, fevereiro 10, 2010

Santa Cruz quer iniciar vida nova


Tricolor espera que com a efetivação de Dado Cavalcanti o time decole no Estadual


Entre as mudanças que o treinador fez no time, uma delas é a entrada do goleiro Baggio na meta coral

Novo técnico, novo esquema tático, novos jogadores na equipe titular. Várias mudanças aconteceram desde o último domingo. É com essa “nova” equipe que o Santa Cruz vai até o Carneirão encarar o Vitória à noite, às 20h30. Os dois clubes vivem momentos parecidos no Estadual. Com um desempenho bem abaixo do esperado, os treinadores do clube foram demitidos. Hoje, três pontos separam os adversários de logo mais, enquanto o Mais Querido está fora da zona de classificação para a Série D, na sexta colocação, com 11, o Taboquito ocupa apenas a décima colocação, com oito.

Ao ser efetivado como novo comandante do elenco coral, o técnico Dado Cavalcanti resolveu dar sua cara ao time. Sacou um dos zagueiros do trio defensivo e colocou em campo mais um homem para criar as jogadas de ataque. Quem também perdeu a posição na equipe foi capitão da Era Lori Sandri, Leandro Cardoso. Assim, Alex Xavier foi o escolhido para formar dupla com Allysson. “Não tem nenhum critério técnico ou tático. O Alex não estava sendo utilizado este ano, mas trabalhou comigo no ano passado, sabe o posicionamento que eu quero dos zagueiros dentro de campo”, comentou o treinador. As alterações não pararam por aí. O atacante Gaúcho, artilheiro do Santa Cruz na Copa Pernambuco, deve perder, momentaneamente, por causa de problemas físicos, espaço entre os titulares.


Quem também não começará jogando é Darci. Titular absoluto com o técnico Lori Sandri, o goleiro falhou no lance que resultou gol do Ypiranga, no último domingo, e perdeu a posição. Baggio ganhará nova oportunidade. Quando foi acionado neste Campeonato Pernambucano, o atleta nada pôde fazer para impedir a derrota por 3x1 para o Porto. “Espero jogar e ajudar a equipe a encerrar esse jejum de quatro jogos sem vitórias, para dar uma tranquilidade maior ao grupo”, disse Baggio.


“A saída de Darci tem apenas uma explicação: vamos preservar o atleta, esperar um pouco mais. Ele foi crucificado durante o jogo por causa da falha, foi vaiado pela torcida, mas ainda assim teve hombridade para continuar até o final. Vamos preservar o Darci, que não vai nem para o banco de reservas, para que mais à frente possa nos ajudar”, afirmou Dado Cavalcanti.


No ataque, André Leonel ganha mais uma chance de atuar ao lado de Joelson. Ele foi titular nos quatro primeiros jogos do Estadual, momento em que o Mais Querido conquistou três vitórias e um empate. Assim que o atleta deixou a equipe principal, o Santa Cruz somou apenas um ponto em quatro jogos. “Eu fiquei de fora alguns jogos aprimorando a parte técnica. O Lori disse que me tirou para dar oportunidades a outros jogadores”, afirmou Leonel.


Vitória

Rodrigo; Suéliton, Alex Rava, Sandro Miguel e Alexandre; Léo, Daniel Carlos, Aguimeron e Neílson; Bruno Garcia e Esquerdinha. Técnico: Roberto de Jesus

Santa Cruz

Baggio; Baiano, Alex Xavier, Allysson e Marcos Mendes; Goiano, Léo, Jackson e Élvis; Joelson e André Leonel. Técnico: Dado Cavalcanti


Local: estádio Severino Cândido Carneiro (Vitória de Santo Antão)

Horário: 20h30

Árbitro: Antônio André

Assistentes: Ubirajara Ferraz e Alcides Lira

Preliminar: Vitória x Santa Cruz, às 18h (juniores)

Nenhum comentário: