segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Montoya fora do próximo jogo

O Leão já tem um desfalque certo para o jogo da próxima quarta-feira (10), contra o Ypiranga, em Santa Cruz do Capibaribe. Trata-se do zagueiro Montoya, que recebeu seu terceiro cartão amarelo no Pernambucano na vitória sobre a Cabense, neste sábado (06).


O substituto do jogador provavelmente será Elias ou Juliano, ambos zagueiros. Caso queira alterar o esquema do time para o 4-4-2, o treinador Givanildo Oliveira poderá escalar o volante Tobi na vaga de Montoya.


Sport tem quatro pendurados com dois amarelos



O elenco do Sport tem quatro atletas pendurados com dois cartões amarelos no Campeonato Pernambucano: o zagueiro César Lucena (que já cumpriu uma suspensão), o lateral-esquerdo Dutra, o médio/volante Eduardo Ramos e o atacante Ciro (FOTO).


E se algum deles tomar cartão amarelo na partida da quarta-feira (10) com o Ypiranga no estádio Otávio Limeira Alves em Santa Cruz do Capibaribe, não poderá atuar no duelo seguinte do Leão na competição, que será contra o Sete de Setembro (na quarta-feira de cinzas no Gigante do Agreste em Garanhuns).

Daniel faz a reestreia com a camisa do Sport



Depois de mais de oito meses se recuperando de uma lesão em seu joelho direito, o volante Daniel Paulista voltou a vestir a camisa do Sport na partida deste sábado (06) com a Cabense na Ilha do Retiro. O duelo foi válido pelo Campeonato Pernambucano de 2010 e o seu time venceu pelo placar de 2x0.


E após a partida, o atleta concedeu entrevista coletiva e afirmou que foi emocionante reestrear pelo Leão e ouvir a torcida Rubro-negra cantando o seu nome. “Foi muito emocionante ver o estádio todo gritando meu nome, isso vai ser inesquecível”, disse e complementou: “Quero aproveitar a oportunidade para agradecer a diretoria e ao Departamento Médico do Sport pelo suporte oferecido a mim nesse período de minha recuperação. Também agradeço a torcida pelo carinho e a minha família pelo apoio”, contou.


Daniel ainda afirmou para torcida Rubro-negra que vai ajudar muito o Sport, mas que aos poucos. “Espero dar sequência ao trabalho para corresponder a essa confiança do torcedor e para reconquistar a titularidade, mas todos têm que ter consciência que o meu bom futebol, aquele apresentado há um e a dois anos atrás só vai voltar a aparecer com um tempo, pois estou a muito tempo parado”, contou.


E mesmo revelando que ainda não está com o seu “melhor futebol”, o cabeça de área não titubeou em afirmar que quer jogar de titular no jogo com o Ypiranga se for requisitado pelo técnico Givanildo Oliveira. “Se o professor requisitar eu vou pro jogo”, disse.

Nenhum comentário: