terça-feira, fevereiro 16, 2010

Macuglia com dúvidas sobre a escalação de Juliano

No movimentado treino tático comandado ontem pela manhã pelo técnico Guilherme Macuglia, a novidade foi a presença do meia Juliano, que não só voltou a trabalhar fisicamente como participou dos trabalhos com bola. A dúvida da comissão técnica é sobre a sua utilização na partida contra o Porto, amanhã, nos Aflitos. Devido à sua importância para a equipe, uma corrente alvirrubra defende o lançamento de Juliano só no Clássico dos Clássicos, diante do Sport, na Ilha do Retiro, no próximo sábado.

“Participei de todos os trabalhos e posso dizer que não senti nada. Agora, quanto a jogar, temos de avaliar bem as situações. Não sei se vou atuar contra o Porto. Estou esperando uma definição do professor”, afirma Juliano, logo após as movimentações. “Ainda assim, é bom esperar um pouco mais. Já que só amanhã (hoje), com algum tempo depois dos trabalhos, posso avaliar melhor como estou”, considera.

Mesmo com uma partida antes do Clássico, Juliano acredita que a liderança da competição vai ser mesmo definida no sábado. E a derrota para o Central, na rodada passada, não abalou sua confiança. O meia crê que o Náutico segue bem na disputa contra o rival rubro-negro. “Perdemos, mas estamos na cola do líder. Não deixamos que ele se afastasse. Vencemos cinco partidas seguidas. Tropeços acontecem. Estamos começando o trabalho e, se a gente ganhar na quarta-feira, vamos dar um bom passo para conquistar a liderança do campeonato”, compreende.

Macuglia testou a formação que deverá entrar em campo diante do Porto. Ele escalou como titulares no treino Gledson, Derley, Gomes, Vinícius e Altemar, Tinga, Hamilton, Felipe Pinto e Carlinhos Bala, Geilson e Rodrigo Dantas. Carlinhos, se recuperando de uma virose, só participou da primeira parte dos trabalhos. Logo depois, treinou separado, sendo enfatizada a parte física.

Com o “problema das laterais” – o treinador ainda não dispõe de opções –, o volante Derley continua na ala direita. O jogador, no entanto, sonha com a possibilidade de voltar a atuar na sua posição de origem. “Não sei se vou novamente fazer a lateral direita. Guilherme Macuglia não falou nada. Espero poder jogar na minha posição, que é onde sei jogar”, afirmou. “Mas, se for novamente escalado na lateral, não tem problema. O importante é estar ali, no bolo, e estar entre os titulares, sempre jogando.”

Para a partida diante do Gavião do Agreste, alguns reforços ainda não estarão aptos a jogar: os laterais Zé Carlos e Dênis, além do atacante Bruno Meneghel.

Nenhum comentário: