quinta-feira, fevereiro 11, 2010

"Hexa" do Fla rende processo à Rede Globo

1987 // Departamento jurídico do Sport deu entrada com ação cautelar na Justiça estadual

O Brasileirão de 2009 sequer tinha acabado e o Diario já havia informado em 30 de novembro: o Sport lutaria na Justiça contra a "avalanche do hexa" do Flamengo. O time carioca acabou conquistando o seu quinto título nacional no domingo seguinte e grande parte da mídia do país consagrou Mengão como hexacampeão. Nesse período, o presidente leonino, Silvio Guimarães, chegou a ser desmolarizado por alguns jornalistas por causa da afirmação de que processaria quem afirmasse que o Fla havia conquistando o seu sexto brasileiro. Tudo por causa da edição de 1987, conquistada legalmente pelo Sport. E só pelo Sport. A poeira baixou, o departamento jurídico do Leão se mexeu nos bastidores e entrou, finalmente, na Justiça estadual, contra a Rede Globo.

O vice-presidente jurídico do Leão, Eduardo Carvalho, confirmou a ação cautelar, cuja entrada foi no dia 18 de dezembro, no Fórum Rodolfo Aureliano, em Joana Bezerra. Em 14 de janeiro, o juiz expediu a ação cautelar para exibição antecipada de provas junto à Rede Globo. Quando for citada, a empresa deverá apresentar os vídeos entre os dias 5 e 8 de dezembro de 2009 dos seguintes programas: jogo Flamengo x Grêmio, Fantástico, Bom Dia Brasil, Sportv 1 e 2, Globo Esporte, Esporte Espetacular, Jornal Nacional e o especial da Premiação dos Melhores do Futebol 2009. Segundo Carvalho, o documento deverá chegar à emissora a partir do dia 22.

"Nos chegou (se referindo aos torcedores) a denúncia sobre a Rede Globo, que teria assumido de fato a postura de conferir ao Flamengo o título que esse clube não tem, nem pela CBF nem pela Fifa. O torcedor do Sport precisa entender que não podemos sair processando todo mundo, já que em alguns casos é a opinião do jornalista, e não da empresa", disse o dirigente, que teve o apoio de outro advogado Leão, Zacarias Barreto. Após a avaliação do material, caso Sport entenda que os vídeos trouxeram prejuízo, o clube irá dar o segundo passo no processo, entrando com uma ação indenizatória, cujo valor ainda não foi estipulado.

Além disso, o Sport poderá pleitear para que a emissora seja obrigada a fazer um esclarecimento ratificando o time pernambucano como única campeão em uma nota oficial durante o programa de maior audiência. "À medida em que as denúncias foram aumentando, fizemos a ação", explicou Carvalho.

Nenhum comentário: