sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Derrota ainda não foi digerida pelos alvirrubros

Ontem, na reapresentação do elenco, clima era de insatisfação

A derrota diante do Central, na última quarta-feira, ainda não foi bem digerida pelos alvirrubros. Na reapresentação dos comandados de Guilherme Macuglia, o clima foi de insatisfação. Segundo os próprios atletas, a cobrança interna já começou no ônibus, logo depois da partida contra a Patativa. “Uma derrota para um clube grande nunca é encarada de forma natural. Durante o trajeto no ônibus, já houve uma cobrança, uma conversa entre os jogadores para corrigir erros que não podem se repetir na continuação do campeonato”, declarou o zagueiro Gomes.

Para o atacante Carlinhos Bala, o fato de o Sport ter tropeçado na rodada não aumenta ou diminui a frustração por conta do tropeço. “Não procuramos saber o resultado do jogo do Sport. Não adianta, isso só pode atrapalhar a nossa vida. Acredito também que neste campeonato não importa muito quem vai ficar em primeiro ou segundo. O objetivo é conseguir a classificação nas semifinais”.

Bala acumula dois cartões amarelos. Mas nem por isso pensa em ficar de fora do jogo da Quarta-Feira de Cinzas, contra o Porto, visando assim o clássico contra o Sport, que acontece na rodada seguinte. “Não quero ficar de fora por causa disso. Claro que o clássico é muito importante, mas posso tomar certos cuidados, não entrar em polêmicas com a arbitragem. Mas se houver a necessidade de fazer uma falta para ajudar a defesa, não vou pensar duas vezes. Nosso elenco é de confiança, não depende só de mim para o clássico”.

EXAME

O lateral-esquerdo Zé Carlos realiza hoje um exame de imagem que vai apontar a gravidade da lesão que o atleta sofreu na coxa esquerda, durante o duelo contra o Central.

Nenhum comentário: