quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Central freia embalo do Náutico

Sequência de vitórias alvirrubras foi encerrada ontem com uma derrota por 1x0

Acabou a boa sequência de vitórias do Náutico, que já durava cinco rodadas do Campeonato Pernambucano. De quebra, o Alvirrubro perdeu a oportunidade de conquistar a liderança. Na noite de ontem, o Timbu foi derrotado no confronto diante do Central, por 1x0, em partida realizada no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. A equipe de Guilherme Macuglia continua tranquila na segunda posição da tabela, mas estacionou nos 19 pontos, contra 21 do líder Sport.

Mesmo com a volta de Carlinhos Bala ao ataque e a entrada de Dinda no meio-campo, o Náutico continuou apresentando dificuldades no ataque. O péssimo estado do gramado do Luiz Lacerda também não facilitou a vida dos alvirrubros, que praticamente não criaram oportunidades no primeiro tempo. O lance mais perigoso do Timbu aconteceu de forma surpreendente, quando o atacante Rodrigo Dantas arriscou um chute despretensioso, de longa distância. A bola desviou na defesa da Patativa e acabou acertando a trave.

Aos 23 minutos, o momento que mudou a história da partida. O atacante centralino Neto Alagoano sentiu uma contusão e deixou o campo para a entrada de Felipe Espada. Pelo lado do Náutico, o lateral-esquerdo Zé Carlos também abandonou a partida por conta de um problema muscular. Quem entrou foi o prata-da-casa Wellington.

No seu primeiro lance, Felipe Espada, ainda frio, precipitou-se no chute e acabou levando bronca dos companheiros. Contudo, depois que ele entrou no clima da partida, foi difícil segurar jogador, que atuou bem pelos lados do campo. Felipe invadiu a área aos 35 minutos e cruzou rasteiro. Guego chegou um pouco atrasado, não conseguindo empurrar a bola para as redes.

Já no segundo tempo, aos 13 minutos, Espada deu um corte seco no zagueiro Gomes, que ficou no chão. Pelo lado esquerdo, ele seguiu avançando, levantou a cabeça e encontrou Mucarbel livre. O estreante da noite só teve o trabalho de empurrar para o gol de Glédson para fazer Central 1x0.

O gol fez bem ao donos da casa, que, aproveitando a necessidade do Náutico de atacar, conseguiram abrir espaço para os contra-ataques. Mas a falta de precisão nas finalizações impossibilitou que a Patativa ampliasse o marcador. Sentindo as dificuldades, o técnico Guilherme Macuglia mandou o time para o ataque, com as entradas de Itamar e Geílson, mas o desempenho do time não melhorou. O volante Hamilton foi responsável pela última tentativa, quando acertou um bom chute de esquerda aos 45 minutos, mas a bola passou no lado esquerdo do arqueiro Isaías.


PATROCÍNIO

Anunciado o mais novo patrocinador do Náutico para a temporada 2010. A empresa Setta Combustíveis vai estampar a sua marca na parte de trás da camisa alvirrubra. O contrato, válido até o dia 31 de dezembro deste ano, já entrou em vigor na noite de ontem, quando o Timbu vestiu um uniforme já com o nome da empresa impresso, no jogo contra o Central, em Caruaru.

Central

Isaías; Paiva, Sidney e Émerson; Geovane, Élton, Fernando Pires, Guego e Anchieta; Neto Alagoano (Felipe Espada) e Mucarbel (Gil). Técnico: Adelmo Soares

Náutico

Glédson; Diego Pispo (Geílson), Vinícius e Gomes; Derley, Hamilton, Márcio Tinga, Dinda e Zé Carlos (Wellington) ; Carlinhos Bala e Rodrigo Dantas (Itamar). Técnico: Guilherme Macuglia.

Local: Luiz Lacerda (Caruaru). Árbitro: Emerson Batista. Assistentes: Luciano Cruz e Paulo Steffanello. Gol: Mucarbel (aos 13 do 2º T). Cartões amarelos: Vinícius, Wellington, Derley, Gomes (Náutico), Fernando Pires e Geovane (Central). Público e Renda: não divulgados. Preliminar: Araripina 2x3. Náutico (juniores)

Nenhum comentário: