sexta-feira, janeiro 30, 2009

Salgueiro e Ypiranga duelam neste domingo no sertão

Jogadores do Ypiranga retornam logo mais à tarde às atividades que antecedem o jogo deste domingo em Salgueiro no Cornélio e Barros diante do Salgueiro. O Alviazulino joga uma cartada decisiva no sertão de Pernambuco. Ypiranga e Salgueiro jogarão uma partida de 06 pontos, de uma vez que ambos estão empatados em termos de pontuação: os dois tem seis pontos ganhos. O Ypiranga está na frente só pelo critério de vitórias: tem duas e o Salgueiro só tem uma. O Ypiranga ainda não empatou neste campeonato, já o Salgueiro empatou 03 vezes. Em compensação, o Salgueiro só tem 02 derrotas e o Ypiranga já foi derrotado 04 vezes. O ataque do Ypiranga vem funcionando, marcou 11 tentos, mas a defesa é uma lástima, uma verdadeira avenida Ypiranga, tomou até agora 15 gols, sendo a mais vazada do certame, ao lado do Petrolina. O Ypiranga tem um saldo negativo de 04 tentos, após seis rodadas e o time sertanejo só tem 02 gols negativos.
O Salgueiro só tem uma vitória, no Pernambucano 2009, conquistada em Caruaru diante do Central 2 X 1. Empatou duas fora de casa: 2 X 2 contra o Náutico nos Aflitos e 1 X 1 contra o Vitória na Terra da Pitu. Mas em casa perdeu para o Sport 2 X 0 e para o Santa Cruz por 2 X 1.
Já o Ypiranga Venceu duas em casa: 4 X 2 no Ypiranga e 2 X 1 no Vitória. Aí perdeu mais duas em casa: 4 X 3 para o Náutico e 4 x 1 para o Sport. Até agora perdeu mais duas fora de casa: 1 X 0 para a Cabense e 3 X 1 para o Santa Cruz no Mundão do Arruda.
Vai ser um duelo sensacional no sertão. As duas equipes precisam pontuar. O que significa dizer que vão lutar desesperadamente pela vitória. E aí que vai ganhar esse tira-teima?
Daqui a pouco, Pedro Manta comanda o coletivo apronto que deverá definir a equipe que jogará neste domingo diante do Salgueiro no Cornélio de Barros. O zagueiro Welton expulso no jogo contra o Sport está fora dessa partida. Já Júlio César e Luís Eduardo cumpriram a suspensão no jogo diante do Sport e ficarão à disposição do técnico Pedro Manta.

Marcelo Ramos diz que vitórias não dão favoritismo ao Santa

Os diversos clássicos disputados pelo País - entre eles o Bahia x Vitória e Cruzeiro x Atlético - em quase 20 anos de carreira não diminuem a expectativa do atacante Marcelo Ramos para o confronto entre Náutico x Santa Cruz, neste domingo (1), nos Aflitos.

O artilheiro tricolor ressalta que os últimos resultados do time, quatro vitórias consecutivas, não fazem o favoritismo pender para os lados do Arruda. "O Náutico tem todo nosso respeito. Sabemos que o elenco deles tem atletas de qualidade que podem decidir um jogo", opinou.

O que ele não nega é o efeito positivo dos triunfos seguidos para o grupo. "Chegamos fortes para esse jogo, mas sem favoritismo. As vitórias ajudam a trabalhar com mais tranquilidade", disse.

Quanto ao clima da partida, ele não nega que um jogo desse porte é o que todo jogador espera durante a competição, pois é onde o atleta pode se consagrar e virar ídolo de uma torcida. "Esse clima de clássico é muito gostoso. Vai ser um jogo duro, disputado, mas na paz, com os times brigando pelo resultado", avaliou.


Sobre o técnico rival, Roberto Fernandes, Marcelo Ramos diz que não guarda nenhuma mágoa dos tempos do Atlético Paranaense, no ano passado. O atacante foi comandado pelo atual treinador alvirrubro e diz que tem muito respeito por ele e só faz elogios.

"É um treinador inteligente e tem um futuro muito grande pela frente. A minha saída foi uma decisão da diretoria do Atlético Paranaense e ele veio falar diretamente comigo. Ainda que fosse opção dele, respeitaria tranquilamente e antes do jogo com certeza vou cumprimentá-lo", informou.

FORMAÇÃO - A boa atuação do setor defensivo tricolor contra a Cabense deve fazer o técnico Márcio Bittencourt manter os três zagueiros. A notícia positiva é o retorno do meia Leandro Gobatto após cumprir suspensão automática. No entanto, o volante Elder continua de fora.


Alvirrubros mantêm confiança na conquista do 1º turno


Apesar da distância de três pontos para o Santa Cruz e seis para o líder do primeiro turno, o Sport, os alvirrubros não entregaram os pontos e mostram-se confiantes para o clássico diante dos tricolores e as chances de faturar a primeira etapa do Campeonato Pernambucano.

O goleiro Eduardo explicou que o fato de o critério saldo de gols não dar direito à vitória no turno em caso de empate nos pontos e números de vitórias deixou o grupo animado. "Fiquei surpreso e feliz ao saber que o saldo não conta. Como vamos enfrentar o Santa e o Sport e eles também se enfrentam, podemos brigar para disputar o turno numa partida extra", salientou.

Apesar disso, ele reconhece o momento difícil pelo qual o alvirrubro está passando, embora ainda não tenha sido derrotado. De acordo com o camisa um, a cobrança entre os jogadores tem sido forte dentro dos vestiários.

"Sabemos que há muito a melhorar. O momento é de extrema cobrança interna e palavras fortes no vestiário para tomarmos o caminho das vitórias", destacou.

O jogador avalia que o Náutico está aceitando a pressão dos adversários de forma muito passiva e precisa abrir os olhos, pois o clube ocupa uma posição no cenário nacional que não permite uma quarta colocação no Estadual. "O Náutico é uma potência em Pernambuco. É o segundo time, perto de ser o primeiro e tem que ter uma campanha parecida com a do Sport", enfatizou.

TIME - Para o jogo com os corais, os volantes Nunes e Johnny podem retornar após cumprirem suspensão automática. Além deles, o lateral-direito Ângelo está à disposição do técnico Roberto Fernandes, mas reconhece que não está no melhor de seu condicionamento físico.

"Não estou cem por cento, mas vou jogar o tempo que o treinador achar. O tempo que estiver em campo vou me dedicar ao máximo", garantiu.

Quem está perto de ganhar condições é o lateral-esquerdo Édson Miolo. O Náutico já recebeu a documentação do jogador, que estava na Polônia e seu nome é aguardado para ser publicado no Boletim Informativo Diário (BID) nesta sexta-feira (30).

Sport tem cinco jogadores com dois cartões amarelos


Com uma boa folga na tábua de classificação do primeiro turno do Campeonato Pernambucano, o Sport tem como preocupação, no momento, administrar seus cartões. São nada menos do que cinco atletas pendurados com dois amarelos: Igor (zagueiro), Durval (zagueiro), Hamilton (volante), Sandro Goiano (volante) e Ciro (atacante).

Se a comissão técnica quiser que os atletas entrem "limpos" para o clássico contra o Santa Cruz no dia 8 de fevereiro, no Arruda, terá que arriscar entrar em campo com uma equipe bastante desfalcada na oitava rodada - a próxima quarta-feira - contra a Cabense.

Para a zaga, o time dispõe apenas do prata da casa Elias. Na cabeça-de-área, os candidatos são Andrade e Moacir. Já o ataque tem Luciano Henrique, Joélson e Weldon, este último regularizado, mas sem condicionamento físico para suportar uma partida completa.



Alheios a isso, os atacantes leoninos, responsáveis pela vitória sobre o Ypiranga por 4x1 na quarta-feira (28), comemoram o bom entrosamento. Para Guto, autor de três gols em dois jogos como titular, o Sport possui um elenco de qualidade em todos os setores e é preciso estar sempre no melhor da forma para garantir um lugar na equipe.

"Todos estão treinando bem e quem estiver melhor vai entrar. Aos poucos o grupo vai ficando mais entrosado e pegando confiança para conseguir os resultados positivos", disse.


Já Ciro, artilheiro do Estadual com seis gols, diz que o companheiro tem muita qualidade para proteger a bola e funciona bem como referência na área. O jogador também comentou a conversa que teve com o técnico Nelsinho Batista a respeito de seu posicionamento em campo.

"Ele falou comigo e mostrou o jogo com o Porto. Não é da noite para o dia que a pessoa se torna um grande jogador. Por isso, peço paciência à torcida e à imprensa", explicou.


Atenções no Arruda se voltam para o Clássico das Emoções


Após a vitória sobre a Cabense, todo o elenco do Santa Cruz se reapresenta na tarde desta quinta-feira, no Arruda. As quatro vitórias consecutivas ficaram para trás e o foco a partir de agora será exclusivo no clássico do próximo domingo, contra o Náutico, nos Aflitos. A novidade no Tricolor pode ser o retorno do meia Leandro Gobatto, que cumpriu suspensão na última rodada.

Em segundo lugar na classificação, o Santa está a três pontos do líder Sport. Contra a Cabense, o técnico Márcio Bittencourt ficou satisfeito apenas com o resultado. A expectativa do é ver mais qualidade no Clássico das Emoções.

“Acho que faltou mais atenção no nosso posicionamento. Somente no final do jogo conseguimos tabelar, sair tocando a bola. Mas valeu o espírito de luta. Às vezes não se joga uma partida excelente e se vence”, analisou.

Paulo Baier afirma que o Sport soube fazer o resultado


O meio campista Paulo Baier jogou pela primeira vez aqui no estádio Otávio Limeira Alves e saiu radiante pelo estupendo resultado que o Leão da Ilha conseguiu em Santa Cruz do Capibaribe, aplicando uma goleada de 4 x 1 na equipe do Ypiranga. Ele disse que “o grupo rubro negro trabalhou e conseguiu o seu objetivo. Tudo ficou mais fácil, porque nós conseguimos marcar um gol nos instantes iniciais da partida. Aí deu uma tranqüilidade maior e consequentemente fizemos o resultado que queríamos. O Sport esteve bem. Foi uma partida até certo ponto equilibrada e futebol se ganha nos detalhes. Nós soubemos explorar as falhas do adversário”. O novo ídolo da torcida rubro negra mostrou parte do seu potencial na bola parada.
Baier, frisou que aos poucos está “se aclimatando a região, se ambientando no grupo leonino e se adaptando ao futebol pernambucano, que é um futebol bastante corrido de muita pegada e muito disputado, o que também não é muito diferente do futebol praticado lá em Goiás”. Disse “que o Sport é um grande clube a nível nacional e espera fazer um excelente Campeonato Pernambucano nesta temporada pelo rubro negro da Ilha do Retiro”.
Paulo Baier acrescentou à reportagem do FALTOU O GOL que o grupo rubro negro não está poupando energias, neste início de Campeonato. O Leão está a todo vapor objetivando ganhar pontos agora, para ter suas reservas durante a Libertadores.

quinta-feira, janeiro 29, 2009

Magrão diz:”tomar gol faz parte da vida de quem é goleiro”


Em entrevista exclusiva concedida ao companheiro o Repórter Nadjo Feitosa da equipe OS BONS DE BOLA da São Domingos FM, o goleiro Magrão do Sport falou que estava tranqüilo, apesar de sofrer um gol aqui em Santa Cruz do Capibaribe, do atacante Assis, o popular Fôfa. E com isso ter perdido a sua marca de mais de 500 minutos sem sofrer gol. O goleiro rubro negro disse que gostaria de levar mais adiante essa possibilidade pois pretendia bater o seu próprio recorde, de cinco jogos, sem tomar nenhum gol, mas tem de acatar as coisas com naturalidade. Até por que o gol teria de acontecer a qualquer momento. Faz parte da vida de quem joga na barra. “É uma contingência natural do futebol”.

Para Magrão esse episódio vai ter que ser esquecido e agora vai tocar a bola prá frente. “O importante é que o Sport venceu. E venceu bem!!! Não é fácil vencer o Ypiranga aqui em Santa Cruz do Capibaribe. E ainda por cima continuamos na liderança do Certame, quando estamos passando da metade primeiro turno. Já passamos por vários obstáculos e vamos continuar na nossa luta em busca do objetivo que estamos todos do grupo, focados. Vamos tentar levantar o primeiro turno, para entrarmos de cabeça fria na Libertadores dentro de trinta dias”.

Magrão disse que no sábado tem mais um compromisso difícil: a equipe do Petrolina. “Nós estamos encarando todos os jogos como uma decisão e esse será mais um obstáculo que precisamos superar”.

Nenhum mandante venceu na 6ª rodada

Superada a primeira metade do primeiro turno do Campeonato Pernambucano, a sexta rodada, disputada na última quarta-feira (28), apresentou uma curiosidade: nenhuma equipe mandante conseguiu vencer. O pior retrospecto dos donos da casa até então fora nas duas primeiras rodadas, quando apenas dois times que sediaram os jogos conseguiram vencer.

O fato comprova a força dos times da Capital, já que foi a primeira vez que os três atuaram fora de seus domínio no mesmo período. Enquanto Sport (1x4) e Santa Cruz (0x1) venceram Ypiranga e Cabense, respectivamente, o Náutico empatou com o Sete de Setembro por 1x1.

Além de rubro-negros e tricolores, o outrora lanterna Petrolina conquistou sua primeira vitória ao bater o Vitória por 2x0 no Carneirão e passar a lanterna para as mãos do adversário. No Luiz Lacerda, o Central conseguiu o empate por 1x1 no fim diante do Serrano, enquanto que em Salgueiro, o time da casa não saiu do 0x0 com o Porto.

Nas redes, a rodada por pouco não viu o 100º gol da competição. Foram anotados até agora 99 gols, uma média de 2,75 por partida. Os jogadores de Sport e Petrolina terão uma chance maior que os outros para marcar o gol 100, já que as duas equipes abrem a 7ª rodada neste sábado (31), na Ilha.

PONTARIA - Os atacantes não estavam com boa pontaria nesta quarta-feira. A rodada número seis empatou com a segunda como a mais escassa de bola na rede. Foram 12 gols, com média de 2 por jogo, mesmos números da segunda rodada.

A maioria dos gols ficou concentrada em Santa Cruz do Capibaribe. O jogo Ypiranga x Sport foi responsável por 41,6% da rodada (5). Os melhores desempenhos dos ataques aconteceram nas rodadas de número um e quatro, quando foram marcados 21 gols - média de 3,5.

Vampeta é acusado de agressão a goleiro do Bahia


Vampeta, ex-jogador do Corinthians, Vitória e Seleção Brasileira foi protagonista, na noite desta quarta-feira, de uma grande briga na entrada do Hotel Sol Bahia Atlântico, em Salvador - onde moram oito jogadores recém-contratados do Bahia, enquanto não encontram residência fixa.

Segundo funcionários do hotel, o ex-jogador, junto com cinco amigos, chegou ao local à noite, e ficou na recepção do hotel esperando o retorno dos jogadores do Bahia, em especial do goleiro Marcelo, que voltavam do jogo contra o Camaçari - o Bahia venceu por 3 a 1. Ao chegarem, os atletas foram surpreendidos pelo grupo de Vampeta, que teria dois acompanhantes armados.

A intenção do ex-jogador era agredir Marcelo pela suspeita de que ele tivesse mantido um relacionamento com a ex-mulher de Vampeta, quando ambos jogavam juntos pelo Corinthians, em 2006. Houve briga e uma das portas de vidro da recepção do hotel foi quebrada na confusão.

Com um arranhão no rosto, o goleiro treinou normalmente, na tarde desta quinta-feira, junto com a equipe. Nem ele nem os colegas quiseram comentar o ocorrido. A direção do clube, alegando que só trata de assuntos profissionais, tampouco se pronunciou. O ex-jogador, que teria sofrido um grande corte no braço, não foi localizado.

No fim da manhã desta quinta, Marcelo foi à 9.ª Delegacia prestar queixa contra Vampeta. Segundo o boletim de ocorrência, ele disse ter sido espancado com "murros e pontapés", enquanto os colegas eram ameaçados com armas de fogo. Além disso, o goleiro disse ter tido os dois celulares roubados na confusão.

Ceaf divulga arbitragem para Salgueiro X Ypiranga

JOGO: C. A. SALGUEIRO X S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE
DIA: 01.02.2009 (DOMINGO) HORÁRIO: 16:00 CATEGORIA: Profissional
ESTÁDIO: Cornélio de Barros Cidade: Salgueiro
ÁRBITRO: Sebastião Rufino Filho
ASSISTENTE N.º 1: Luiz Fernando Coelho
ASSISTENTE N.º 2: Aldir Pereira
4º ÁRBITRO: Saulo Teodózio

JOGO: C. A. SALGUEIRO X S. E. YPIRANGA FUT. CLUBE
DIA: 01.02.2009 (DOMINGO) HORÁRIO: 13:30 CATEGORIA: Juniores
ESTÁDIO: Cornélio de Barros Cidade: Salgueiro
ÁRBITRO: Francisco Chaves
ASSISTENTE N.º 1: Aldir Pereira
ASSISTENTE N.º 2: Luiz Fernando Coelho
4º ÁRBITRO: Saulo Teodózio

Principais artilheiros do Pernambucão 2009, após a 6ª Rodada realizada neste meio de semana


ARTILHARIA

GOLS ATLETA CLUBE
6 CIRO SPORT
5 GUEGO PORTO
4 MARCELO RAMOS SANTA CRUZ
3 CLÁUDIO CENTRAL
3 LUCIANO HENRIQUE SPORT
3 JOSÉ ROGÉRIO PORTO
3 CORINGA CABENSE
3 ANDERSON LESSA NÁUTICO
3 ASSIS-FÔFA YPIRANGA
3 GUTO SPORT

Sport lidera e o Santa encosta no líder no Certame de Profissionais


CLASSIFICAÇÃO



POS

TIME

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

1 SPORT 18 6 6 0 0 15 1 14
2 SANTA CRUZ 15 6 5 0 1 9 7 2
3 PORTO 13 6 4 1 1 14 3 11
4 NÁUTICO 12 6 3 3 0 11 8 3
5 CABENSE 10 6 3 1 2 7 4 3
6 SERRANO 7 6 2 1 3 4 9 -5
7 YPIRANGA 6 6 2 0 4 11 15 -4
8 SALGUEIRO 6 6 1 3 2 6 8 -2
9 SETE SETEMBRO 5 6 1 2 3 5 8 -3
10 CENTRAL 4 6 1 1 4 7 9 -2
11 PETROLINA 3 6 1 0 5 6 15 -9
12 VITÓRIA 2 6 0 2 4 4 12 -8
PG J V E D GP GC SG

Jairo Raone do Náutico comanda artilharia dos Juniores

Principais artilheiros do Certame de Juniores, após a 6ª Rodada

ARTILHARIA


GOLS APELIDO TIME
6 JAIRO RAONE NÁUTICO
5 EVANDRO YPIRANGA
5 YURI SANTA CRUZ
5 FRANCISCO YPIRANGA
4 LUIZ PAULO PETROLINA
4 GILBERTO SANTA CRUZ
4 ERICK NÁUTICO
3 ANDRÉ SPORT
3 DAVYSON SERRANO
3 LEANDRO CENTRAL
3 EVERTON FELIPE SPORT
3 MULLER SPORT
3 JAIR CENTRAL
3 CHIMBRA PORTO
3 DANIEL PORTO